O professor de artes do Instituto Federal Minas Gerais (IFMG) Haroldo de Paiva, que foi espancado dentro da casa dele no domingo (13), em Ouro Preto, na Região Central de Minas, morreu na madrugada desta quinta-feira (17). Ele estava internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

Após investigações realizadas pela 3ª Delegacia Regional de Ouro Preto, um homem de idade ainda não divulgada foi preso por suspeita de ser o autor do espancamento. O mandado de prisão foi cumprido nesta quinta-feira e o suspeito foi encaminhado ao sistema prisional. De acordo com a Polícia Civil, não há ainda definida qual seria a motivação para o crime.

O professor foi encontrado no domingo por uma vizinha desmaiado dentro de casa, com ferimentos no rosto e na cabeça. Devido à gravidade dos ferimentos, ele foi encaminhado ao João XXIII. Internautas comentam nas redes sociais que o crime poderia ter a homofobia como motivação.

O IFMG emitiu uma nota de pesar no site do instituto: “É com pesar que o IFMG – Campus Ouro Preto informa o falecimento do Professor Haroldo de Paiva Pereira, professor de Artes, ocorrido na manhã desta quinta-feira, vítima de espancamento na madrugada de domingo passado, A Direção-Geral está no Hospital João XXIII, a fim de dar todo apoio a família. O IFMG – Campus Ouro Preto solidariza com a família enlutada. Mais informações no retorno da equipe de Direção”.

 

 

Fonte: Hoje em Dia ||

Imprimir

Comentários