O curador do Laboratório de Mineralogia do Unifor-MG, Anísio Cláudio Rios Fonseca, identificou recentemente o 32º mineral em Formiga, o epídoto. As amostras foram enviadas a instituição de ensino por um proprietário de imóvel localizado na comunidade rural de Morro das Pedras . As análises do mineral ocorreram no Laboratório de Mineralogia. Já a análise química foi realizada no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Itaúna.

De acordo com Anísio, o mineral foi descoberto no município na década de 80, mas foi a primeira vez, que foi encontrado em cristais grandes e bem formados. Ele contou que o mineral se destaca pela cor atraente de seus cristais e por sua forma (hábito). “O aspecto dos cristais lembra a turmalina, porém um exame cuidadoso revela outras características, como densidade maior. A expectativa é encontrar espécimes para lapidar”, afirmou.

A descrição do epídoto constará, em breve, na Geologia Geral de Formiga. Os arquivos são alimentados pelo docente. As informações também serão apresentadas na XIV Mostra Integrada de Pesquisa e Extensão (Mipe) que ocorre nos dias 11 e 12 deste mês no Centro Universitário.

De acordo com o professor, os minerais catalogados no município são os seguintes: pirofilita, pirita, magnetita, hematita, magnetita, maghemita, goethita, siderita, rutilo, caulinita, gibbsita, quartzo, opala, ortoclásio, microclina, plagioclásio sódico, bitownita-anortita, muscovita-fuchsita, biotita, vermiculita, hornblenda, anfibólio, piroxênio, barita, grafita, calcita, pirolusita, epídoto, clorita, granada, ilmenita, schorl (turmalina negra). Segundo Anísio,  em escala microscópica essa lista aumenta.

 

 

 

 

 

Fonte: Unifor MG||https://www.uniformg.edu.br/index.php/noticias/10841-professor-do-unifor-mg-cataloga-trigesimo-segundo-mineral-no-municipio-de-formiga

print

Comentários