A poucos dias do carnaval, os municípios de Itapecerica e Carmo do Cajuru ainda dependem de parcerias para a realização da festa em 2019. Em Bom Despacho, que também dependia ajuda financeira, o carnaval não será realizado.

Algumas prefeituras já haviam relatado a dificuldade para promover o carnaval devido a retenção de repasses estaduais do Governo de Minas. No início de fevereiro os municípios de Formiga e Nova Serrana confirmaram que não realizariam o carnaval.

Na época, a Prefeitura de Carmo do Cajuru informou que o carnaval de rua do município seria simplificado em razão da dívida do estado que ultrapassa R$ 6,5 milhões. Desta forma, serão disponibilizados os recursos arrecadados com a liberação de alvarás, com a estimativa de R$ 10 mil.

No entanto, a programação continua dependendo de patrocínios. Até agora, foi confirmado um desfile do “Bloco da Latinha”, na praça da Estação, no dia 1º de março, a partir de 20h, foi confirmada.

Em Itapecerica, o Executivo busca apoio na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e comércio em geral para que pelo menos 80% do evento sejam custeados pela iniciativa privada. Ainda não houve definição e a expectativa é que a decisão seja tomada até a próxima segunda-feira (25).

A alternativa encontrada pela administração municipal de Bom Despacho foi organizar uma sessão pública para atrair uma empresa responsável por organizar a festa. Contudo, nenhuma parceria foi firmada, e por isso, não haverá programação.

O município de Oliveira havia confirmado a festividade com investimento de R$ 45 mil do Fundo do Patrimônio do Município. A Prefeitura, no entanto, necessitava de mais verbas e avaliava possibilidades de parcerias que foram firmadas.

Com isso, será realizada a programação do dia 28 de fevereiro a 5 de março. A folia começará a partir de 20h, na Praça de XV de novembro, com a participação de desfiles de blocos, batuques e shows.

Arcos, Divinópolis, Itaúna e Pará de Minas

Arcos

A alternativa encontrada pelo Executivo em Arcos foi reduzir os gastos para a realização do carnaval neste ano. A verba que antes era destinada com valor de até R$ 300 mil, passará para R$ 40 mil.

A administração municipal ainda restringiu a ajuda de custo para apenas seis blocos e irá disponibilizar para a estrutura da festa esquema de segurança, banheiros e som.

No município, a festa será durante todos os dias oficiais, de 1º a 5 de março, com desfiles de blocos pela cidade. O trajeto do desfile está previsto para ser divulgado em até 10 dias, segundo a Prefeitura.

A previsão é que o ponto de encontro dos blocos seja na Praça da Matriz, onde serão instaladas barracas e vendedores ambulantes. Na Praça Floriano Peixoto, será o ponto de dispersão dos blocos e abrigará uma estrutura de tendas e palco com DJs.

No domingo e na terça-feira a programação é especial para as crianças com as matinês a partir das 16h. Nesses dias também será realizada a tradicional “chuveirada”, com banho de caminhão-pipa, na Praça do Vivi, para refrescar os foliões.

O último ensaio dos blocos, 15 dias antes do evento, será aberto ao público em local a ser definido pela Prefeitura. Durante os dias de evento ainda será eleito o rei momo, rainha e princesa do carnaval da cidade.

Divinópolis

Para evitar gastos aos cofres públicos, o município de Divinópolis também definiu que o pré-carnaval de 2019, a exemplo do ano passado, será custeado pelos blocos participantes.

A festa está marcada para o dia 23 de fevereiro, com a expectativa de 80 mil pessoas durante o desfile nas ruas. Conforme informado pela Prefeitura, até o momento, dois blocos confirmaram a participação neste ano: Haja Amor e Bloco do Cléo.

O primeiro trajeto será para a saída do desfile do bloco do Cléo, com concentração na Praça do Mercado. Os foliões passam pela Avenida Antônio Olímpio de Morais até próximo ao Prédio dos Correios, quase esquina com Rua Rio de Janeiro.

As atividades do bloco Haja Amor começam às 16h, na Avenida 21 de Abril, esquina com Rua João Notini, com trajeto pelas ruas São Paulo, Sete de Setembro e Minas Gerais.

Pará de Minas

Em Pará de Minas, a festa será realizada com o apoio da Prefeitura, mas sem gasto aos cofres públicos. O evento será custeado por meio da parceria de blocos e empresas privadas. O carnaval na cidade inicia no dia 1º de março, de 17h às 23h, na Praça Torquato Almeida. No dia 2 de março a concentração será no mesmo local, no entanto começa uma hora mais cedo: 16h.

No dia 3 de março, a festa será na Praça São Luiz e no dia 4 de março na Rua Antônio Carlos. O encerramento, no dia 5 de março, será na Avenida Nova Serrana. Nestes dias, o evento também começa às 17h com desfiles de blocos.

Itaúna

A Prefeitura de Itaúna preparou a contratação de seguranças e brigadistas para realização do carnaval 2019. Para a segurança dos foliões, eles serão submetidos a revistas, inclusive com detector de metais. A festa também será monitorada por câmeras.

Diferentemente das outras cidades, o carnaval em Itaúna contará com seis dias de festa, tendo início no dia 28 de fevereiro. Ao todo oito blocos participam de desfiles e uma estrutura com shows também está prevista.

A cidade ainda realizará o pré-carnaval no dia 22 de fevereiro.

Veja a programação:

  • 22 de fevereiro (pré-carnaval): festa “saudade não tem idade”, com o bloco da Saudade. A partir de 18h, na praça da Estação.
  • 28 de fevereiro: festa “Pau de Gaiola”, na Praça da Lagoinha, Centro – início ás 19h.
  • 1º de março desfile dos blocos Pirata do Benfica e Vai que cola.
  • 2 e 4 de março: desfile dos blocos All Faces, Deu no que deu e Vem que vem.
  • 3 e 5 de março: desfile dos blocos Zuluzinho, Sertanejeitos e Funk Folia.

A concentração para a festa a partir do dia 1º de março será na Avenida Jove Soares, no Centro, às 18h, com a saída do primeiro bloco prevista para as 19h30. No domingo, a programação começa às 16h, com atividades para as crianças, dentre elas recreação com personagens infantis e pintura facial.

 

 

Fonte: G1||

Imprimir

Comentários