O comandante da 7ª RPM, coronel Wemerson Lino Pimenta, esteve na manhã desta segunda (24) no município de Pimenta.

Na ocasião, ocorreu uma reunião sobre a ampliação do projeto Cinturão Rural Setorizado e Digitalizado, recém-implantado na 7ª Região, inicialmente na cidade de Pompéu, no dia 5 de março, e que agora se estende para as cidades Pimenta, Córrego Fundo e Pains.

Estiveram presentes os prefeitos e presidentes das Câmaras Municipais, pecuaristas, representantes das cooperativas de credito rural e proprietários de estabelecimentos que possuem ligações com o homem do campo, produtores e empresários rurais, dentre outras autoridades.

De acordo com a PM, o Projeto Cinturão Rural Setorizado e Digitalizado tem como objetivo principal fortalecer a segurança na zona rural, com a intensificação das ações preventivas realizadas pela polícia, por meio da Patrulha Rural, bem como melhorar a comunicação operacional com a efetiva implantação da rede digitalizada. O que proporcionará maior agilidade na resposta ao atendimento da comunidade rural, contribuindo assim para a prevenção e repressão qualificada ao crime, e o consequente aumento da sensação de segurança dos moradores e produtores rurais.

O projeto está totalmente alinhado às estratégias do Comando Geral da Instituição (PMMG), que no último dia 10, lançou em todo o Estado de Minas Gerais a Operação Campo Seguro, com o emprego não só das equipes Patrulha Rural, mas de todos os serviços disponíveis da Polícia Militar, em reforço à segurança da comunidade rural em Minas.

Na área do 63º Batalhão, os esforços têm sido contínuos para fomentar este policiamento tão importante para os moradores da zona rural.

Fonte: Polícia Militar

Imprimir
Comentários