Na última semana, a Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou, em primeiro turno, o projeto de lei 1.507/2011, que proíbe o uso de camisas com símbolos de clubes de futebol ou de torcidas organizadas em casas noturnas, boates, danceterias e eventos que tenham mais de 300 pessoas.
Para que o projeto entre em vigor, é preciso ser aprovado em segundo turno e, em seguida, ser sancionado pelo prefeito Marcio Lacerda.
Segundo o autor do projeto, o Preto do Sacolão, o objetivo é garantir maior segurança às pessoas. Nos últimos anos, temos presenciado o aumento da violência no futebol, principalmente entre torcedores. Infelizmente, pessoas são agredidas simplesmente por estarem usando a camisa de um time de futebol, diz o parlamentar.
O vereador ressalta que a proposta não proíbe que o torcedor saia de casa vestindo a camisa do time.

Imprimir
Comentários