Nos últimos doze meses, a Campanha pela Lei Seca em Minas abordou um total de 21.735 veículos. A fiscalização resultou em 468 crimes de trânsito (condutores com nível de álcool no sangue acima de 0,34 mg/l) e 1.303 infrações de trânsito (condutores com índice de álcool no sangue entre 0,14 e 0,33 mg/l). De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), a fiscalização já dá sinais de melhora no trânsito: o número de acidentes com vítimas caiu 15,9% e a quantidade de acidentes sem vítima recuou 5,9%.
Com os resultados da campanha ?Sou Pela Vida, dirijo sem Bebida?, a Seds decidiu ampliar a fiscalização. Em Belo Horizonte, as blitze da Lei Seca, que eram realizadas de quinta a domingo, já estão ocorrendo diariamente. O próximo passo será a expansão para cidades polo, como Uberlândia, Juiz de Fora, Montes Claros e Governador Valadares.
?É uma parceira entre o Governo do Estado, a prefeitura municipal, a Polícia Militar, a Polícia Civil, os órgãos de trânsito, de tal modo que nós possamos apresentar aos motoristas a conscientização, que é muito importante, de não misturar a bebida com a direção, apontou o governador de Minas, Antonio Anastasia.

print
Comentários