Uma pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes mostrou que as condições de 69% das estradas brasileiras estão longe do ideal.
Segundo o levantamento divulgado nesta quarta-feira, quase 90% das rodovias são de pista simples. E quase a metade não tem acostamento.
Os números mostram ainda uma pequena queda das estradas em situação precária. O Ministério dos Transportes declarou que os resultados são positivos porque comprovam uma melhora das condições de tráfego.
Melhores e piores estradas brasileiras
Você pode ver quais são os melhores trechos de rodovias brasileiras, e também quais são os piores. A Confederação Nacional de Transportes utilizou como parâmetros para a classificação a existência de acostamento, a superfície do pavimento, se há faixas laterais e centrais visíveis. Outros dados utilizados são a existência ou não de mato cobrindo as placas, placas ilegíveis e curvas perigosas com placas visíveis.

print
Comentários