A Superintendência Regional de Saúde (SRS- Oeste), com sede em Divinópolis, registrou quatro mortes associadas ao vírus Influenza. Os casos foram registrados nas cidades de Divinópolis, Carmo do Cajuru, Campo Belo e São Gonçalo do Pará.

De acordo com o informe epidemiológico da gripe, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), entre os óbitos apenas o registrado em Campo Belo teve a morte confirmada por H1N1. A vítima era um homem de 54 anos.

Em todos os 54 municípios que integram o SRS- Oeste, foram notificados 45 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Desses casos dois de Influenza A (H1N1) foram confirmados em Divinópolis, outro em Formiga. Nenhum dos casos evoluiu para óbito.

Ao portal G1, a assessoria da comunicação de Formiga informou que o caso de H1N1 foi registrado em abril em uma criança de seis anos que se recuperou e está bem. A Prefeitura de Divinópolis não divulgou informações sobre o caso. De acordo com o G1, no dia 22 de maio, o município descartou a presença do vírus em uma criança que estava internada com suspeita de Srag.

Srag em Minas Gerais

Conforme a SES-MG, foram notificados 1.354 casos de Srag em todo o Estado. Destes, 75 foram confirmados como influenza e outros 166 casos foram confirmados como outros vírus respiratórios. Os demais casos seguem em investigação.

Dos casos confirmados por influenza, 72 foram confirmados como Influenza A e apenas um caso foi confirmado como Influenza B. Dentre os vírus A, o subtipo (H1N1) pdm09 foi identificado em 63 dos casos. Outros cinco casos são de Influenza A/H3, dois de Influenza A não subtipado e dois casos foram notificados como Influenza A não subtipável.

Ao todo, foram registrados 191 óbitos por Srag em Minas Gerais dentre os casos notificados. Das 191 mortes, 23 apresentaram associações a vírus respiratórios. Destes casos associados a vírus respiratórios, 11 foram ocasionadas pela Influenza A(H1N1)pdm09 e outras 12 foram ocasionadas por vírus respiratórios.

Dos óbitos registrados no Estado, seis ocorreram em Belo Horizonte, um em Andrelândia, um em Campo Belo, um em Juiz de Fora, um em Leopoldina e um em Uberlândia.

 

IMPRIMIR

Fonte:

G1