Neste domingo (16), por volta de 9h30, a Polícia Militar foi acionada a comparecer à rua Gerônimo Teixeira, no bairro Vila Esperança, onde teria acontecido uma tentativa de homicídio.
Segundo a irmã da vítima, quando ela chegou à casa do irmão, de 54 anos, ele estava caído, inconsciente e sangrando muito. Imediatamente, os militares do Corpo de Bombeiros foram acionados, sendo a vítima socorrida ao Pronto Atendimento Municipal (PAM).
A vítima apresentava lesões na cabeça, ficando internada sob cuidados médicos. A perícia foi acionada e, durante os trabalhos técnicos, o perito recolheu vários materiais. Os militares foram informados sobre o relacionamento conturbado entre a vítima e o filho, segundo o Boletim de Ocorrência 514/11.
No mesmo dia, por volta de 19h15, durante patrulhamento pela rua Benjamin Guimarães, no bairro Lajinha, os militares abordaram o rapaz que teria tentado assassinar o próprio pai.
A princípio, o jovem negou a autoria do crime, mas, em diálogo com os militares, ele relatou que se desentendeu com o pai, por volta das 15h de sábado, e saiu de casa.
Ele disse que, ao retornar à residência, por volta das 20h, seu pai tentou lhe agredir, mas o rapaz teria lhe acertado primeiro com um soco na cabeça, o pai teria caído no chão da cozinha, onde o próprio filho teria continuado as agressões com socos e chutes, até deixá-lo inconsciente.
Segundo a PM, mesmo com o pai inconsciente e sangrando muito, o jovem saiu de casa e foi tomar cerveja. Por volta das 4h, de domingo (16), ele foi para a cidade de Pimenta e voltou apenas à tarde.
O rapaz ainda relatou que não prestou nenhum socorro ao pai e que as agressões eram para realmente matá-lo. Diante dos fatos, o infrator foi preso, sendo conduzido à Delegacia de Polícia, juntamente com uma camisa de cor verde com manchas de sangue, que foi encontrada no local do crime, sendo apreendida, segundo o Boletim de Ocorrência 529/11.

print
Comentários