Da Redação

A reabertura da Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal) da Santa Casa de Caridade de Formiga estava prevista para o início desta semana, o que não ocorreu.

A dificuldade maior está em se encontrar profissionais da área que possam compor o quadro necessário para a escala de plantões diários e a previsão mais otimista aponta para o restabelecimento do atendimento na UTI Neonatal da Santa Casa de Caridade a partir do início de setembro.

As informações obtidas dão conta de que até o preço a ser pago por plantão de 12 horas a cada médico intensivista (R$1,2 mil) já foi ajustado, havendo, inclusive, a promessa da Santa Casa de que tal remuneração será paga à vista.

Porém, segundo apurado pelo Nova Imprensa, a equipe necessária só deverá estar completa (com número de profissionais suficientes), a partir de 30 de agosto, o que, por razões óbvias, implica na manutenção da paralisação dos serviços na UTI Neonatal até aquela data.

Imprimir

Comentários