Consta da pauta da reunião desta segunda-feira (5), do Legislativo Formiguense o projeto de lei nº 126/2018 que trata da revisão geral anual dos vencimentos, salários e/ou subsídios dos servidores da Prefeitura de Formiga.

O projeto foi enviado à Casa após o Executivo pedir a retirada do projeto 125/2018, que previa reajuste de 1,87%. A nova proposta prevê a aplicação do percentual de 2,06% incidente sobre o valor efetivamente pago em dezembro de 2017.

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Formiga (Sintramfor) propôs um aumento da ordem de 15%, mas após três assembleias gerais com os servidores, por decisão da maioria, a proposta da Prefeitura foi acatada.

Vale-alimentação

Na reunião da Câmara da semana passada, já havia sido aprovado o aumento do vale alimentação dos servidores em R$10.

Nova tentativa

O Sindicato tentará uma nova negociação com o prefeito Eugênio Vilela no meio do ano. Durante as negociações da Campanha Salarial, o prefeito prometeu uma segunda negociação do vale alimentação e na ocasião o Sindicato tentará também um segundo reajuste salarial para os servidores.

Magistério

O projeto vai garantir ainda o piso salarial dos profissionais do magistério, estabelecido pelo Governo Federal para este ano em R$2.455,35. O índice de reajuste para a categoria é definido anualmente pelo Ministério da Educação, neste ano ele é 3,86% acima da inflação que fechou 2017 em 2,95%.

print
Comentários