Os beneficiários do Bolsa Família devem se recadastrar na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano. São mais de 3.000 famílias em Formiga que recebem a ajuda de custo do governo federal, entretanto, cerca de 1.515 não fazem o recadastramento desde 2006 e podem ter o benefício suspenso. O prazo termina em agosto.
Segundo o secretário da pasta, Luis Carlos Silva, até o momento, 189 beneficiários que estavam com o cadastro desatualizado já estiveram na secretaria para realizar o recadastramento. Além disso, uma equipe de agentes de saúde está visitando algumas casas para realizar este trabalho. ?As famílias que não se recadastrarem terão o benefício bloqueado por seis meses e, se não atualizarem o cadastro, o Bolsa Família será cancelado em janeiro de 2010.?
Luis Carlos contou que as famílias já foram avisadas sobre o recadastramento. ?Divulgamos pelos meios de comunicação e também no comprovante do recibo do banco consta que é necessário fazer o recadastramento. Muitas pessoas não comparecem à secretaria por medo de perder o benefício, já que a renda per capita não é a mesma?, explicou o secretário.
A renda da família é calculada a partir da soma do dinheiro que todas as pessoas da casa ganham por mês (como salários e aposentadorias). Esse valor deve ser dividido pelo número de pessoas que vivem na casa, obtendo assim a renda per capita da família. O recadastramento é feito anualmente para verificar se os contemplados continuam dentro do perfil para receber a ajuda. É preciso comprovar novamente a renda familiar, se os filhos estão na escola, atualizar o endereço, além de outros dados que devem ser confirmados.
O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza, com renda mensal por pessoa de R$ 69,01 a R$ 137,00, e de extrema pobreza, com renda mensal por pessoa de até R$ 69,00.

print
Comentários