O presidente da Câmara Reginaldo Henrique dos Santos (Dr. Reginaldo /PCdoB) decidiu se afastar do cargo de diretor-clínico da Santa Casa. A decisão foi após a instauração da CPI da Saúde, já que, um dos alvos, são os convênios entre a Secretaria de Saúde e o hospital.
Na semana passada, Reginaldo enviou uma carta ao provedor da Santa Casa, Geraldo Couto, comunicando o afastamento. O tempo será de aproximadamente quatro meses. O presidente da Câmara ressaltou que, por questões éticas, decidiu se afastar do cargo para que a Comissão Parlamentar de Inquérito seja realizada.
Reginaldo também comunicou o fato ao vice-diretor clínico, Alberico Salazar e ao Conselho Regional de Medicina. A CPI da Saúde se originou depois que o presidente da Câmara citou diversos problemas relacionados à Secretaria de Saúde. O atraso em pagamentos à Santa Casa teria contribuído para a criação Comissão Parlamentar de Inquérito.

print
Comentários