Para quem acha que reposição hormonal é coisa de mulher depois da menopausa, é bom esclarecer que os homens acima dos 50 anos também precisam passar por esse tratamento, com rigoroso acompanhamento médico.
Apesar de precisarem desse recurso, a reposição hormonal masculina acontece numa escala bem menor do que nas mulheres.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo, 15% dos homens acima dos 50 anos precisam do tratamento. A necessidade do tratamento se dá pela queda dos níveis de testosterona, num período chamado de andropausa.
Para saber se há necessidade de tomar hormônios é preciso passar por um urologista, que pedirá um exame de sangue. E, acima dos 50 anos,, é bom lembrar que as consultas com o médico devem ser anuais. Especialistas alertam ainda que alguns pacientes não podem fazer reposição hormonal sob hipótese alguma. Os casos contra-indiciados são de homens que tenham câncer de próstata ativo ou de mama e pacientes com aumento de próstata. Em todo caso, é bom sempre buscar orientação de um profissional.

Imprimir