As rodovias que cortam o Centro-Oeste do estado tiveram movimentação considerada tranquila durante todo o dia e início da noite desta terça-feira (28), último dia de carnaval. Mas de acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), a manhã desta quarta-feira (29) deve registrar uma movimentação maior no número de veículos nas vias. Confira abaixo os trechos com maior índice de acidentes e fique alerta.

 Em Formiga

A PMRv sediada em Formiga cuida de diferentes trechos e mais de uma rodovia. A jurisprudência começa na MG-050 do km 252 no município de Pimenta até o km 164 no município de Pedra do Indaiá. Esse é um dos trechos considerados mais críticos, como apontou o sargento Wesley Ranieri.

Os policiais rodoviários de Formiga cuidam também da BR-354, desde o Km 403 em Bambuí até o Km 530 em Formiga. Essa rodovia é a que mais recebe tráfego de carretas, portanto, é considerada perigosa.

Os militares são responsáveis  ainda pela MG-170, rodovia que liga Arcos a Lagoa da Prata, do Km 50 ao 125. Entra na lista a MG-164 em Pedra do Indaiá, do Km 208 ao 258 em Camacho. Ainda faz parte da área de Formiga a LMG-893 do km 1 ao 11. Tem também a LMG-830 do Km1 ao Km 9, o trecho da MG-439 do Km 1 ao Km 15 e a por último a MG-827 do km 1 ao Km 35.

De todos os trechos, o sargento Wesley garante que o de maior incidência de acidentes está na BR-354 do Km 487 ao Km 488. “Quando chove a pista fica muito escorregadia e tem curvas muito sinuosas”, enfatizou.

Esta região, segundo sargento, é conhecida por “Córrego das Almas”. Nome atribuído pelo alto índice de acidentes na área.

 Em Carmo do Cajuru

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) com sede em Carmo do Cajuru é responsável por trechos da MG-050, rodovia que corta Itaúna, São Gonçalo do Pará e Itatiaiuçu. De acordo com o policial rodoviário Rafael Décio, o trecho mais crítico está entre Carmo do Cajuru e Itaúna. Nesses locais há constantes registros de acidentes, que ocorrem principalmente por falta de atenção, segundo o militar.

Os quilômetros com mais incidência de acidentes são: Km 83, Km 90, Km 114, Km 117 e Km 118. Os trechos indicados pelo policial são marcados por curvas e muita sinuosidade. Diferente de anos anteriores, Rafael destaca que não foi registrado nenhum acidente nestes locais. Um fator que pode ter contribuído foi a instalação de radares fixos nesses pontos.

 Em Piumhi

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) com sede em Piumhi cuida da MG-050 nos trechos que passa por Capitólio, São Roque de Minas, Vargem Bonita e Furnas. A parte com maior índice de acidentes vai do Km 266 até 312. Ou seja, são 46 quilômetros onde motoristas devem redobrar a atenção, pois de acordo com o cabo Gleison da PMR, são trechos com alta incidência de aclives, declives e curvas. Neste caso, a imprudência no volante é a principal causa de acidentes, como apontou o militar.

Nessa terça-feira (28) não houve nenhum registro de acidente. A movimentação seguiu tranquila, entretanto, um balanço completo será divulgado após o fim da Operação de Carnaval realizada nas rodovias do estado.

Radares  

A inspeção dos radares fixos instalados em trechos de rodovias no estado começou a valer nesta terça-feira (28). Dentre os trechos onde foram implantados novos equipamentos são a AMG-0335, Km 2, em Divinópolis; a MG-252, Km 3, em São Gonçalo do Pará e na MG-431, Km 55,4, em Itaúna.

Segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), em todo o estado são mais 21 equipamentos para fiscalizar os limites máximos de velocidade.

 Onde estão instalados os equipamentos

Os dispositivos estão instalados nas seguintes rodovias: LMG-808, Km 1,8, em Contagem; MG-050, Km 52, em Betim; MG-424, Km 23,1, em Pedro Leopoldo; MG-432, Km 3,7, em Esmeraldas; AMG-0320, Km 8,7, em São Gonçalo do Pará; AMG-0335, Km 2,0, em Divinópolis; MG-252, Km 3,0, em São Gonçalo do Pará; MG-431, Km 55,4, em Itaúna; MG-443, Km 4,8, em Congonhas; MGC-452, Km 224,7, em Santa Juliana e Km 245,5 e 246, em Perdizes; MGC-462, Km 67,4 e 67,5, em Perdizes; MG-335, Km 80,5, em Ijaci; MGC-369, Km 67, em Campo Belo; MG-164, Km 190, em Santo Antônio do Monte; MG-170, Km 7,9 e 8,2, em Moema; MG-170, Km 85,3, em Pains; e MG-439, Km 12, em Córrego Fundo.

 

IMPRIMIR

Fonte:

G1