Paulo Coelho

Uma rede de distribuição de água tratada se rompeu no bairro Areias Brancas no sábado (11), e quase provocou um acidente na residência de número 12, na rua B.

Ao deixar a área externa da casa para adentrar na cozinha, a moradora, Inês Pedrosa, acabou se afundando numa pequena cratera que se formou, em razão do solapamento do terreno que gerou o afundamento do piso, ocasionado pelo grande volume d’água que infiltrou por baixo da fundação da casa.

Ocorre que naquele bairro, por baixo de inúmeras residências estão instaladas redes de distribuição de água e de esgotamento sanitário, que segundo apurado pelo Últimas Notícias, era forma aceita e adotada pelos construtores de habitações destinadas a financiamentos populares.

Pastor Ronaldo, locador da casa, a pedido da locatária, solicitou a intervenção do vereador Marcelo Fernandes em busca de atendimento do Saae, já que, até o início da tarde desta segunda-feira (13), a própria moradora não lograra êxito em suas tentativas de, por telefone, acionar a autarquia.

Como o editor do Últimas Notícias estava acompanhando o vereador Marcelo em visita a algumas ruas que, a falta de andamento nos serviços de recapeamento ou de asfaltamento estão impossibilitando moradores de fazer uso de suas garagens no bairro Ouro Verde, imediatamente, a reportagem do portal se dirigiu para o Areias Brancas.

Importante registrar que, alguns segundos após a chegada da reportagem à residência de Inês, uma equipe do Saae, esteve no local e tomou as providências cabíveis.

IMPRIMIR