Ronaldo é inocentado pelos travestis.
Dois dos três travestis pivôs no escândalo envolvendo Ronaldo, o Fenômeno, declararam hoje à polícia carioca que todo o imbróglio não passou de encenação. Andréia Albertini e Carla Tamini admitiram ter inventado a situação supostamente ocorrida no motel. As duas disseram, em depoimento das 11h30 às 14h50, que não houve sexo ou uso de drogas enquanto estavam com o jogador. Andréia disse ter inventado toda a história ?porque achou que era sua grande chance de mudar de vida?, afirmou o delegado Carlos Augusto Nogueira, titular da delegacia da Barra da Tijuca. Ronaldo e o terceiro travesti depõem na próxima semana.

Depois de quase quatro horas de depoimentos na 16a DP (Barra), nesta terça-feira (6), dois travestis que se envolveram na confusão com o jogador Ronaldo Fenômeno, na madrugada do dia 28, se disseram arrependidos e negaram as acusações de que teriam feito sexo com o craque e consumido drogas no Motel Pappilon. Andréia Albertina e Carla Tamine voltaram atrás na sua versão do episódio, segundo o delegado.

?Confessaram que mentiram sobre tudo que disseram até agora. Não houve droga e nem sexo naquela noite entre eles. Contaram que inventaram tudo porque não conseguiram receber o dinheiro que pretendiam com a tentativa de extorsão?, contou o delegado Carlos Augusto Nogueira, que ainda não sabe se os dois serão indiciados por furto, extorsão e ameaça, como indicavam as investigações preliminares.
?É provável que o André (vulgo Andréia Albertini) seja?, disse Nogueira.

Delegado não acredita em versão combinada
O delegado também não antecipou se ouvirá outras testemunhas e se vai chamar o jogador para prestar depoimento. ?Ficamos surpresos com a atitude dos dois, hoje. Chegaram até a se emocionar. Disseram que viram naquilo uma chance de sair daquela vida. Tomaram a oportunidade como uma tábua de salvação?, afirmou Carlos Augusto.
Mesmo com a mudança de comportamento e depoimento dos travestis, o delegado não acredita que tenha havido uma combinação orientada pelos advogados. ?Não acredito nisso. Eles mostraram arrependimento mesmo. Vieram à delegacia espontaneamente, já que eu pretendia chamá-los na próxima semana, quando as coisas estivessem mais calmas?.

As informações são do portal Terra e do G1.

Imprimir
Comentários