Da Redação

Após a ameaça de paralisar os serviços do setor de maternidade, a Santa Casa de Caridade de Formiga divulgou, na tarde desta quinta-feira (29), uma boa notícia para a população: a entidade foi credenciada ao programa Rede Cegonha.

Segundo nota da Santa Casa, a adesão da entidade ao programa passará ainda por várias etapas, nos âmbitos estadual e federal, mas a entidade começará a receber os recursos para a implantação de partos humanizados em fevereiro de 2017.

O credenciamento ao programa foi acordado, em reunião realizada nessa quarta-feira (28), em Belo Horizonte, entre o secretário de Saúde do Estado, Nalton Sebastião Moreira da Cruz, o secretário de Relações Públicas do hospital, Kleber Almeida Vaz, o chefe de Assessoria Jurídica da Secretaria Geral do Estado, Sheldon Almeida, o deputado federal, Jaime Martins, o deputado estadual, Sávio Souza Cruz e a Superintendente Regional da Saúde, Gláucia Sbampato Pereira.

Na reunião, foi tratado também o credenciamento e a habilitação da entidade na Cardiologia de Alta Complexidade. O processo está em andamento para aprovação no Estado.

Rede Cegonha

O  projeto Rede Cegonha é uma estratégia do Ministério da Saúde que visa implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Esta estratégia tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no País e será implantada, gradativamente, em todo o território nacional, iniciando sua implantação, respeitando o critério epidemiológico, taxa de mortalidade infantil e razão mortalidade materna e densidade populacional.

 

Fonte: Santa Casa ||

Imprimir

Comentários