O primeiro Mutirão de Cirurgias de Catarata da Santa Casa de Caridade de Formiga foi realizado neste sábado e domingo (14 e 15). Ao todo, 89 pacientes do município e cidades da região foram operados gratuitamente, pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

O processo começou com a triagem dos pacientes, nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde que cedeu o consultório oftalmológico para as consultas. Na ocasião, foi feita a triagem de 224 pacientes por uma equipe formada pelos profissionais de enfermagem da Santa Casa e pelos médicos Wesley Moreira e Vítor Campolina Campos.

De acordo com o gerente geral da Santa Casa, José Orlando Fernandes Reis, no dia 14 foram feitas 43 cirurgias e no dia 15 mais 46 pacientes foram operados. “Esses pacientes foram direcionados para Santa Casa por meio de uma deliberação da Secretaria de Estado da Saúde, emitida em agosto deste ano, quando começamos as negociações e, de lá para cá, é importante ressaltar que a Provedoria e a Diretoria da Santa Casa deram continuidade ao projeto e compraram a ideia de beneficiar a população com essas cirurgias de catarata”, explicou.

O gerente disse que as cotas de cirurgias são distribuídas por municípios, como Formiga, que teve uma cota maior de 48 vagas, Arcos (28), Bambuí (16), Córrego Danta (4), Iguatama (4), Pimenta (8), Medeiros (4) e Tapiraí (4). O total de cirurgias pactuadas foi de 116. Porém, alguns desses municípios tiveram dificuldades para captar todos os pacientes necessários e preencherem a cota que cada um detém.

Ainda serão realizadas as cirurgias dessas vagas remanescentes para completar as cotas. A Santa Casa irá entrar em contato com as secretarias de Saúde de  cada município e organizar, em termos de logística, uma data melhor para que possam captar esses pacientes e realizar um novo procedimento.

 “Esperamos que a Secretaria de Estado da Saúde libere mais cotas para todos os municípios, principalmente para Formiga. Sabemos que existe uma demanda reprimida, é um procedimento que é oneroso se for feito por outros convênios ou particular”, disse o gerente.

 

MUTIRÃO DE CATARATA 12 site

Redação do Jornal Nova Imprensa

print
Comentários