Formiga está em alto risco para transmissão da dengue. Em apenas duas semanas a taxa de incidência da doença aumentou em 30,9% e 345 casos estão sendo investigados.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya e febre amarela, está concentrada em 11 bairros: Bela Vista, Novo Horizonte, Sagrado Coração de Jesus, Alvorada, São Luiz, Nossa Senhora Aparecida, Ouro Branco, Rosa Mística, Ouro Verde, Vila Esperança e São Geraldo.

A administração municipal solicita à população um maior empenho em ações para inibir a propagação do mosquito transmissor, uma vez que prevenir é a melhor forma de combate.

Confira algumas orientações apresentadas pelo Setor de Epidemiologia.

Garrafas pet e de vidro: as garrafas devem ser embaladas e descartadas corretamente na lixeira, em local coberto ou de boca para baixo;

Lajes: não deixe água acumulada nas lajes;

Ralos: tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que não estão sendo usados;

Vasos sanitários: deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico;

Piscinas: mantenha a piscina sempre limpa. Use cloro para tratar a água e o filtro periodicamente;

Coletor de água da geladeira e ar-condicionado: atrás da geladeira existe um coletor de água. Lave-o uma vez por semana, assim como as bandejas do ar-condicionado;

Calhas: limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água;

Cacos de vidros nos muros: vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água;

Baldes e vasos de plantas vazios: guarde-os em local coberto, com a boca para baixo;

Plantas que acumulam água: evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas;

Suporte de garrafão de água mineral: lave-o sempre quando fizer a troca. Mantenha vedado quando não estiver em uso;

Falhas nos rebocos: conserte e nivele toda imperfeição em pisos e locais que possam acumular água;

Caixas de água, cisternas e poços: mantenha-os fechados e vedados. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria;

Tonéis e depósitos de água: mantenha-os vedados. Os que não têm tampa devem ser escovados e cobertos com tela;

Objetos que acumulam água: coloque num saco plástico, feche bem e jogue corretamente no lixo.

Vasilhas para animais: os potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água corrente e sabão, no mínimo duas vezes por semana;

Pratinhos de vasos de plantas: mantenha-os limpos e coloque areia até a borda;

Objetos d’água decorativos: mantenha-os sempre limpos com água tratada com cloro ou encha-os com areia. Crie peixes, pois eles se alimentam das larvas do mosquito;

Lixo, entulho e pneus velhos: entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água;

Lixeira dentro e fora de casa: mantenha a lixeira tampada e protegida da chuva. Feche bem o saco plástico.

IMPRIMIR