Saúde lança campanha para doação de leite para bebês prematuros

Atualmente, existem no País 215 bancos de leite e 98 postos de coleta.

Atualmente, existem no País 215 bancos de leite e 98 postos de coleta.

O Ministério da Saúde lançou na manhã desta quarta-feira (20), a campanha nacional para incentivar a doação de leite humano para bebês prematuros. Atualmente, o leite materno coletado representa 55% da demanda do Brasil. No ano passado, bancos armazenaram 184 mil litros de leite, o suficiente para alimentar 178 mil recém-nascidos.

O coordenador da área de Saúde da Criança da pasta, Paulo Bonilha, afirmou que o número de doadoras cresceu 30% entre 2008 e 2014. No mesmo período, houve um aumento de 11% na quantidade de leite doada. A evolução é significativa, mas precisamos avançar mais, disse.

Cada litro é suficiente para amamentar 10 prematuros. Das 2,9 milhões de crianças nascidas em 2013, 11,9% foram prematuras. Brasília conseguiu alcançar autossuficiência. Toda demanda é atendida pela rede de leite humano regional.

Atualmente, existem no País 215 bancos de leite e 98 postos de coleta. O aleitamento materno, de acordo com dados do Ministério da Saúde, é capaz de reduzir em 13% a mortalidade de menores de cinco anos. O recomendado é que crianças sejam alimentadas exclusivamente com leite materno até seis meses de idade.

Crianças alimentadas com leite materno têm menor risco de desenvolver na vida adulta hipertensão, colesterol, diabete e obesidade.

O Ministério da Saúde convidou para o lançamento da campanha mães doadoras do banco de leite e mães de bebês beneficiados com a doação.

Imprimir
Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Saúde lança campanha para doação de leite para bebês prematuros

Atualmente, existem no País 215 bancos de leite e 98 postos de coleta.

Atualmente, existem no País 215 bancos de leite e 98 postos de coleta.

 

O Ministério da Saúde lançou na manhã desta quarta-feira (20), a campanha nacional para incentivar a doação de leite humano para bebês prematuros. Atualmente, o leite materno coletado representa 55% da demanda do Brasil. No ano passado, bancos armazenaram 184 mil litros de leite, o suficiente para alimentar 178 mil recém-nascidos.

O coordenador da área de Saúde da Criança da pasta, Paulo Bonilha, afirmou que o número de doadoras cresceu 30% entre 2008 e 2014. No mesmo período, houve um aumento de 11% na quantidade de leite doada. “A evolução é significativa, mas precisamos avançar mais”, disse.

Cada litro é suficiente para amamentar 10 prematuros. Das 2,9 milhões de crianças nascidas em 2013, 11,9% foram prematuras. Brasília conseguiu alcançar autossuficiência. Toda demanda é atendida pela rede de leite humano regional.

Atualmente, existem no País 215 bancos de leite e 98 postos de coleta. O aleitamento materno, de acordo com dados do Ministério da Saúde, é capaz de reduzir em 13% a mortalidade de menores de cinco anos. O recomendado é que crianças sejam alimentadas exclusivamente com leite materno até seis meses de idade.

Crianças alimentadas com leite materno têm menor risco de desenvolver na vida adulta hipertensão, colesterol, diabete e obesidade.

O Ministério da Saúde convidou para o lançamento da campanha mães doadoras do banco de leite e mães de bebês beneficiados com a doação.

Redação do Jornal Nova Imprensa Hoje em Dia

Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias