Após denúncia feita, em primeira mão pelo Nova Imprensa, na edição 364, veiculada no dia 09 de abril, que afirmava que a Secretaria de Saúde do município disponibilizava apenas dois profissionais para atender cerca de 350 gestantes, o que pode ter causado a morte de, pelo menos dois bebês, nos meses de março e abril, foi divulgada, esta semana, a contratação de mais um ginecologista para atender no serviço municipal de saúde.
De acordo com a Secretária de Saúde do Município, Luiza Flora de Oliveira, o principal objetivo da secretaria, com a contratação do Dr. Lupércio Antonio Fábio da Silva, é garantir o atendimento na área de Saúde da Mulher Gestante, inclusive nos casos de urgência e emergência da gravidez, encaminhados pela rede de Saúde da Família.
O novo contratado já está atendendo a partir deste mês no Edifício Antônio Vieira das 12h00 às 15h00, e ficará responsável unicamente pelos pré-natais. A secretaria salienta que as consultas devem ser agendadas somente nas Unidades Básica de Saúde (Postos de Saúde).
Apesar da medida, a Secretaria continua a ser investigada pelo Ministério Público e pela Comissão Especial de Saúde da Câmara devido à morte dos bebês por causas ainda não esclarecidas, mas que podem estar vinculadas ao número restrito de profissionais na secretaria quando da ocorrência dos fatos.

print
Comentários