Quatro vereadores fizeram pedidos de informação em relação a assuntos ligados à Secretaria de Saúde. Nesta semana, a secretária da pasta, Luiza Flora, enviou notas de esclarecimentos à Câmara Municipal sobre os questionamentos.
O vereador Reginaldo Henrique dos Santos (Dr. Reginaldo/PCdoB) questionou o atraso dos pagamentos a funcionários da Santa Casa de Caridade de Formiga, de acordo com o plantão de sobreaviso das especialidades médicas.
Segundo o ofício enviado pela secretária de Saúde, o convênio 004/2010, firmado entre o município e a Santa Casa, o qual teve vigência até fevereiro de 2011, o único problema detectado era com relação à emissão da nota fiscal, o que já foi prontamente resolvido, inclusive providenciado o pagamento das parcelas restantes.
O pedido de informação feito pelo vereador José Gilmar furtado (Mazinho/DEM) ressalta a falta de profissionais médicos e odontológicos na Unidade de Básica de Saúde (UBS) no bairro Água Vermelha. A secretária explicou que: ?no final do ano de 2010, o atendimento odontológico precisou ser interrompido em razão de problemas verificados na rede de esgoto e, posteriormente, para substituição do cirurgião dentista. Na época, não havia profissional disponível e a Secretaria Municipal de Saúde precisou realizar processo seletivo simplificado. No momento, a situação está regularizada, com o atendimento odontológico sendo realizado pela doutora Noelle. O atendimento médico foi interrompido devido a licença médica concedida à doutora Gilséa e, posteriormente, seu pedido de férias regulamentares, contudo, também já está regularizado, uma vez que a referida médica já retomou suas atividades?.
O vereador Mauro César/PMDB pediu que fosse atendida as solicitações feitas pelos moradores do bairro Vargem Grande. De acordo com Luiza Flora, o conserto da cadeira do consultório odontológico já foi realizado, e providenciada a capina no local solicitado à Secretaria de Gestão Ambiental.
Já sobre o pedido de informação do vereador Cid Corrêa/PR sobre a suspensão de pagamento dos fisioterapeutas que atuam na Academia Corpo e Movimento, a secretária respondeu que não existe qualquer vínculo entre a secretaria de Saúde e os referidos profissionais, uma vez que o serviço de fisioterapia de responsabilidade da administração municipal é realizado na Associação de Auxílio ao Deficiente Físico (Asadef) e na Santa Casa.

Imprimir
Comentários