Redação Últimas Notícias 

Nos últimos dias, Formiga tem apresentado um grande número de pessoas com sintomas típicos de escabiose (sarna).

Na segunda-feira (17) o dermatologista que atende na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Deoniron Camilo divulgou um vídeo nas redes sociais alertando a população. No vídeo o profissional informa que atendeu diversas crianças com sintomas da doença.

Diante da situação, a Secretaria de Saúde emitiu uma nota para tranquilizar a população. De acordo com o secretário de Saúde Leandro Pimentel, os casos da doença não têm relação com a sarna encontrada nos animais.

Segundo Leandro, a pasta já está tomando as providências necessárias para o controle da escabiose, como investigação dos casos para identificar áreas endêmicas, implantação de protocolos de atendimento, orientação das equipes de saúde e aquisição de mais medicamentos para tratar a parasitose. “Não há motivo para pânico, uma vez que essa doença é de simples tratamento, tem cura e não deixa sequelas. Caso sejam percebidos os sintomas é necessário procurar a UPA ou UBS para avaliação médica.”

Segundo avaliação de dermatologistas que fizeram atendimentos na UPA, os casos estão relacionados ao ácaro Sarcoptes scabiei hominis. Já a sarna encontrada nos cães é causada pelo mesmo parasito, porém da variante Canis. Esta variante também pode afetar o homem, mas não consegue se reproduzir na pele humana.

A doença

Foto: Divulgação

Os principais sintomas da escabiose é coceira, vermelhidão e pequenas lesões no corpo. Os cuidados básicos que as pessoas devem ter são com a higiene pessoal e do ambiente, como lavar as roupas pessoais e de cama com água quente, e não ter contato direto com o indivíduo parasitado, evitando dividir a mesma cama e outros objetos como roupas e toalhas.

O tratamento da doença é feito com aplicação de pomada. Quem estiver com os sintomas deve evitar locais com grande aglomeração de pessoas.

Imprimir
Comentários