Paulo Coelho*

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA Padre Roberto) administrada pela  Santa Casa de Formiga e pelo município de Divinópolis, conforme contrato celebrado entre as partes estava, até esta quinta-feira (9), sendo gerida pelo enfermeiro José Orlando Fernandes Reis que, segundo apurado pelo Nova Imprensa, está cumprindo, conforme a lei, o período de aviso prévio.

É provável que José Orlando seja substituído pelo também competente administrador de saúde, José Geraldo Pereira que, atualmente, ocupa o cargo de secretário de Saúde do Município de Formiga.

“Geraldinho da Saúde” que já ocupou uma das cadeiras do Poder Legislativo de Divinópolis, se aceitar a proposta que já lhe foi feita, deixará assim um dos mais assíduos frequentadores da “ponte aérea”  Formiga/Divinópolis.

Dança das cadeiras

Se confirmada, essa será a quinta mudança neste primeiro ano da gestão de Eugênio Vilela que, na semana passada transferiu o então chefe do Departamento de Comunicação, Welerson Andrade, para a Ouvidoria. Sandro Figueiredo foi o indicado para assumir o cargo vago.

Outra mudança ocorreu na Secretaria de Cultura, após o falecimento do então titular da pasta, Aluísio Veloso  no dia 14 de setembro. Quem assumiu a pasta foi o também adjunto de Educação, Alex Arouca.

Já no dia 17 de julho, foi exonerada do cargo, a então adjunta da pasta de Saúde, Meire Moreira, que foi substituída por Denise Mota que permanece no cargo.

Logo no início do ano, no dia 24 de fevereiro, o então secretário de Obras, Gestão Ambiental e Planejamento, Arnaldo Gontijo foi exonerado e deixou a administração, sendo posteriormente nomeado Secretário Estadual de Esportes. Ele foi sucedido por Giovana Borges na Gestão Ambiental, Flávio Passos na Secretaria de Obras e Rômulo Cabral, no Planejamento, Coordenação e Regulação Urbana.

IMPRIMIR