A seleção brasileira volta a campo nesta terça-feira (8) com um grande desafio pela frente: encarar o Paraguai, Às 21h30 (de Brasília), dentro do Defensores del Chaco. O Brasil não vence em Assunção há 36 anos, acumulando uma sequência com dois empates e duas derrotas no período. O último resultado positivo foi no dia 16 de junho de 1985, quando a seleção venceu por 2 a 0. Uma nova vitória na noite desta terça-feira fará com que a equipe de Tite iguale o melhor início em Eliminatórias desde 1969, quando a seleção de João Saldanha venceu os seis jogos que disputou na competição. 

À época, as eliminatórias eram diferentes. Dez seleções foram divididas em três chaves, dois grupos com três equipes e um com quatro. O líder de cada grupo se classificava para a Copa do Mundo do México. Com Tostão inspiradíssimo e artilheiro das eliminatórias com 10 gols, a seleção não tomou conhecimento dos adversários, vencendo todos os seis jogos que disputou. Inclusive, o sexto jogo foi contra os paraguaios, só que no Maracanã, e o Brasil venceu por 1 a 0, gol de Pelé. Curiosamente, Tite vive pressão que remete à história de Saldanha nos bastidores no que tange à intervenção do governo federal na seleção. Obviamente, Tite não foi destituído do cargo, mas vem encontrando rejeição, como a fala do próprio vice-presidente Hamilton Mourão, que pediu o treinador fora da Canarinho, afirmando que ‘o Cuiabá precisa de um técnico’.

Brasil sem perder nas Eliminatórias desde 2015 

A seleção sob o comando de Tite não vem encontrando muitas dificuldades em superar seus adversários nas Eliminatórias. Na verdade, a última derrota canarinho em uma jornada para a Copa do Mundo foi ainda em 2015, mais precisamente no mês de outubro, quando a seleção, comandada por Dunga, perdeu para o Chile de Jorge Sampaoli por 2 a 0, em Santiago, na primeira rodada das Eliminatórias. Os gols da vitória chilena foram marcados por Eduardo Vargas, que hoje está no Galo, e Alexis Sánchez. 

Os números de Tite 

O técnico Tite está invicto em Eliminatórias. Em 17 partidas, ele levou a seleção brasileira a 15 vitórias e empatou dois jogos. No total, Tite já comandou o Brasil em 28 jogos oficiais e só perdeu uma partida, justamente as quartas de final para a Bélgica na Copa do Mundo de 2018. O aproveitamento do treinador em partidas oficiais é de 84,5%, com 22 vitórias, cinco empates e uma derrota. 

Contando com os amistosos, Tite chegará nesta terça-feira ao jogo de número 54 pela seleção brasileira. São 39 vitórias, o que lhe coloca como quinto treinador que mais venceu com a Canarinho, 10 empates, quatro derrotas, 79,2% de aproveitamento, com 114 gols marcados e apenas 19 tentos sofirdos. 

O adversário

O Brasil encara uma seleção paraguaia que está também invicta nas Eliminatórias. No entanto, vem de apenas uma vitória e quatro empates, o último deles um 0 a 0 com o Uruguai, fora de casa. Desde 2017, o Paraguai também não vence como mandante nas Eliminatórias. O último triunfo foi diante do Equador. 

“Enfrentamos o Paraguai uma vez na Copa América passada, equipe que marca muito agressivamente, defesa muito organizada. É uma equipe que te desgasta muito na marcação, conseguem elevar o nível de competição. E o Paraguai chega melhor ainda para esta partida, a equipe tem qualidade ofensiva, com jogadores em grande fase. Lá dentro é muito difícil, fazem 35 anos que não ganhamos lá, mas vamos fazer de tudo para trazer essa vitória”, declarou Cléber Xavier, auxiliar do técnico Tite, durante entrevista coletiva prévia ao confronto. 

Fonte: O Tempo

Imprimir
Comentários