É grande a expectativa para o I Seminário Hidrovias do Lago de Furnas, a ser realizado nesta sexta-feira (9), quando serão debatidos diversos assuntos de interesse da região do Lago de Furnas.
Já foi realizada uma reunião preparativa para elaborar uma pauta sobre a exploração da hidrovia do Lago de Furnas, visando o aproveitamento econômico do lago, pelo seu potencial no transporte de cargas, de pessoas, bem como pelo seu potencial turístico, o que significa a geração de recursos, facilidade de escoamento da produção e a geração de outros dividendos que irão compor a economia da região, como ressaltou o deputado Jaime Martins/PR, um dos mentores do evento.
A confirmação do seminário foi feita durante uma reunião ocorrida em Brasília, no dia 10 de março, com o superintendente da Navegação Interior da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), José Alex Botêlho de Oliva, os prefeitos de Formiga, Aluísio Veloso, e de Alfenas, Pompílio Canavez, além do secretário executivo da Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago), Fausto Costa, além de representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede) e da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop)
No encontro em Brasília, foi elaborada uma minuta de ações para fomentar as articulações e garantir as condições de navegabilidade do lago, promovendo o crescimento econômico das cidades que compõem a Alago.
Segundo Jaime Martins, em médio prazo, seria possível ver o Lago de Furnas interligado a hidrovia Tietê-Paraná, no estado de São Paulo, que é um modelo de sucesso neste setor, encurtando distâncias e reduzindo custos.
A realização do seminário para discutir as diretrizes objetiva debater e preparar os estudos de viabilidade para o Lago de Furnas. O evento tem confirmada a presença do diretor geral da Antaq, Fernando Fialho, do diretor geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, e de integrantes do governo de Minas. Também participarão do evento, prefeitos e representantes das prefeituras que compõem a Alago, o presidente da Furnas Centrais Elétricas, Carlos Nadalutti Filho, representantes do Departamento Hidroviário do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) e de setores da iniciativa privada.
Segundo Jaiminho Martins, há uma proposta para alocar recursos necessários para que, depois do seminário, sejam feitos estudos de viabilidade, que são estudos de origem e destino de cargas, batimetria do lago (profundidade dos diversos pontos do lago) e sinalização. ?Outra necessidade é que a rota tenha carta náutica e sinalização eficientes. Nesse sentido, o seminário nos permitirá a construção de uma agenda de trabalho eficiente? , comenta o parlamentar.

Confira a programação:
09h00 ? 09h50 / Abertura
Aluísio Veloso da Cunha ? Prefeito de Formiga
Nelson Alves Lara ? Prefeito de Guapé / Presidente da Alago
Pompílio Canavez – Prefeito de Alfenas / Presidente CBHFurnas
Jaime Martins Filho ? Deputado Federal Pres. Comissão Transportes
Décio Nazareth ? Setop ? Governo do Estado de Minas Gerais
Luiz Antônio Pagot ? Diretor-Geral do Dnit
Fernando Fialho ? Diretor-Geral da Antaq
Carlos Nadalutti Filho ? Presidente de Furnas
09h50 ? Um novo olhar do Brasil sobre as Hidrovias – Fernando Fialho (Diretor-Geral da Antaq
10h20 ? Implementação da infra-estrutura nas vias navegáveis interiores – Luiz Antônio Pagot (Diretor-Geral do Dnit)
10h40 ? Política de incentivo a navegação dos rios mineiros – Décio Nazareth (Setop – Governo do Estado de Minas Gerais)
11h00 ? Representante de Furnas Centrais Elétricas S/A.
11h20 ? Projeto da Hidrovia do Lago de Furnas – Alago/CBH-Furnas
11h50 ? Debate
12h30 ? Encerramento.

Imprimir
Comentários