O músico sertanejo Sérgio Reis, 71, deixou, nesta segunda-feira (5), a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, e foi transferido para o quarto. Ele estava consciente e, de acordo com boletim médico divulgado no fim da tarde de ontem, sentia dores no tórax. Segundo familiares, a previsão é que ele tenha alta até sexta-feira.
O cantor foi internado na manhã de domingo (4), depois de cair do palco durante um show em Três Marias, na região Central, em comemoração ao aniversário de 49 anos da cidade. O tombo foi de uma altura de 2 m. Sérgio Reis teve a quarta e a sexta costelas fraturadas, além de uma contusão no ombro.
Durante a música Panela Velha, perto do fim do show, Sérgio Reis se aproximou da beira do palco para ouvir o coro do público e pisou no vazio. Depois de cair, o artista foi socorrido e encaminhado para o hospital da cidade. No mesmo dia, ele foi transferido para Belo Horizonte.
Segundo o filho do músico, o produtor Paulo Bavini, o momento da queda deixou fãs e músicos apreensivos. Foi um susto grande, principalmente porque, logo depois da queda, ele ficou um pouco desorientado, contou.
Ontem, em entrevista à Globo, Reis contou que, ainda no chão, pegou o microfone e tranquilizou o público, dizendo que sentia dores, mas que estava bem. Na queda, acertei o pé de uma mulher, que também ficou machucada, disse o cantor.
Sérgio Reis afirmou que pretende retornar a Três Marias para terminar o show e cantar os sucessos Panela Velha e Pinga ni Mim. Ainda em entrevista à Globo, o cantor afirmou que os próximos shows deverão ser cancelados, até que fique totalmente recuperado. Vou usar esse
período na produção do meu próximo disco,
disse.
Em nota, o Hospital Mater Dei informou que o cantor se mantinha estável do ponto de vista circulatório, não apresentando arritmias cardíacas. Em 2002, o artista sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Imprimir
Comentários