Uma assembleia geral foi realizada no plenário da Câmara Municipal nesta terça-feira (24), às 17h, pelo Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Formiga (Sintramfor) com a presidente do Instituto de Gestão Organizacional e Tecnologia Aplicada (Igetec), Heliane Guadalupe, de Belo Horizonte. O órgão foi contratado para fazer um Plano de Cargo e Salários para os servidores da Prefeitura.
A presidente do sindicato, Ana Paula Melo, contou que os servidores lotaram a Câmara e votaram favoráveis, por unanimidade, para que futuros servidores que farão concursos possam também ter o quinquênio. A ideia é criar o próprio estatuto. Vamos continuar negociando com o Igetec, pois há ainda muita coisa a ser resolvida. A ´martelada´ final é do prefeito, mas vamos ficar na expectativa , ressaltou a presidente.
Servidores municipais da área da saúde estiveram na reunião da Câmara Municipal desta segunda-feira (23) para reivindicarem aos vereadores que não votem a nova estrutura administrativa da Prefeitura, que deu entrada na Casa na semana passada, até que seja resolvido o impasse entre o Sintramfor e o Igetec.
Uma carta foi enviada ao Legislativo pelos servidores municipais implorando aos vereadores que aguardem uma solução sobre a defasagem de condições de trabalho e ajudem a reivindicar melhores condições para os servidores públicos.
Os vereadores estudaram o projeto de lei referente à reestruturação da Prefeitura. Constataram que, grande parte dos cargos é de funcionários concursados que recebem gratificação. Dentro de aproximadamente cinco dias, os vereadores devem dar um parecer sobre o assunto. A maior parte dos funcionários é de cargos gratificados, os outros são por comissão e, com isso, diminui 28 cargos na nova estrutura administrativa.

Imprimir
Comentários