Para quem se incomoda com aquela barriguinha somente pelo aspecto estético, vale a pena considerar um alerta de especialistas. O aumento da circunferência abdominal está diretamente relacionado com o aumento do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Além disto, quando este acontecimento vem associado a alterações nos exames laboratoriais, como glicemia de jejum alterada, altos níveis de colesterol, aumento dos níveis de triglicérides e hipertensão arterial, o paciente passa a ser portador da famosa Síndrome Metabólica.
A Síndrome Metabólica (SM) ou plurimetabólica já foi também denominada de síndrome X e pode ser definida como sendo um transtorno complexo, caracterizado pela associação de fatores de risco para doenças cardiovasculares. Pode-se dizer que esta é uma doença dos tempos modernos, nos quais a obesidade, a alimentação inadequada e o sedentarismo além de se associarem, se encontram correlacionados, conduzindo o individuo a elevados riscos a saúde.
As primeiras medidas a serem tomadas para evitar o aparecimento do problema é alimentação adequada e atividade física. Ter uma vida saudável, ativa e feliz faz toda a diferença na prevenção e também no tratamento de patologias associadas à alimentação, ao sedentarismo. Por isso, vale investir na qualidade de vida.

Imprimir
Comentários