O Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Formiga não atenderá a população na próxima semana (entre os dias 5 e 9 de setembro). O motivo é a implantação do portal MTE Mais Emprego. Até o final deste ano, o portal será implantado em todo o país.
O portal Mais Emprego foi criado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador, visando aproximar as políticas publicas de emprego à sociedade. Uma das opções a ser colocada em prática em todo o país é a Lei nº 7.998/90, artigo 19, que cancela o seguro-desemprego ao trabalhador que recusar o novo emprego sem justificativa legal. De acordo com o ministério, a lei tinha aplicabilidade baixa devido à falta de um cadastro de emprego nacional online integrado.
Por meio do novo sistema, ao mesmo tempo em que entrar com o pedido do seguro-desemprego, o trabalhador será encaminhado para vagas de emprego disponíveis, condizentes com sua ocupação e remuneração anteriores.
A atendente do Sine Formiga Rosilene Aparecida dos Santos esteve em Belo Horizonte entre os dias 22 e 26 de agosto para a capacitação e dará o treinamento para os demais funcionários nos dias em que o Sine não estará aberto ao público.
De acordo com Rosilene Santos, com as novas regras, o Sine passará por várias mudanças para facilitar o atendimento ao trabalhador, além do seguro-desemprego. ?Vamos oferecer um outro emprego à pessoa que vier dar entrada no seguro-desemprego. Encaminhar para outro emprego, pois está acontecendo muito da pessoa dar entrada no seguro-desemprego e voltar para o mesmo serviço. Isso aí é um meio de corrupção?.
Rosilene Santos explicou que, com a implantação do portal, o trabalhador terá mais opções de emprego, pois estará tudo conectado via web em todo o Brasil. ?Não terá mais currículo, pois será tudo cadastrado pela internet. A pessoa terá acesso às vagas até mesmo em outras cidades e estados?.
A atendente informou ainda que o Sine dará três cartas de recomendação por dia. ?Caso a pessoa não consiga aquela vaga oferecida, ela tem que trazer para nós o motivo de não ter conseguido, de não ter ficado naquele emprego, isso por meio de declaração escrita pelo empregador. Se for por malandragem, não iremos liberar o seguro-desemprego não, somente em último caso, iremos liberar para que a pessoa receba as parcelas. Acontece da pessoa falar que determinada vaga fechou, aí ligamos na empresa e a vaga ainda está lá disponível. Está dando muita bagunça, a pessoa sai do serviço, depois volta. Mas também não quer dizer que vai cancelar o seguro, vamos encaminhar para um emprego melhor, com um salário superior ao que a pessoa estava ganhando e não ao contrário, não inferior?, explicou.
O novo sistema proporcionará mais emprego, de acordo com Rosilene Santos. ?No cadastro ficarão disponíveis várias opções, como exemplo, se a pessoa está apta para viajar. Esse cadastro agora será válido em todo o país e será pelo PIS/Pasep, antes era pelo CPF. A própria pessoa pode ter acesso às vagas disponíveis na área de seu interesse em outras cidades. O sistema é mais difícil, porém, mais prático e conta com muitas perguntas para o trabalhador?, explicou.
O portal Mais Emprego contará com outra novidade: o profissional mesmo empregado poderá fazer o cadastro e não precisará mais de currículo. ?A pessoa pensa que não poderia fazer seu cadastro, pois atualmente está trabalhando e isso também mudará. Os dados do trabalhador ficarão lá na web, chamamos de um pré-cadastro. Caso surja uma vaga em outra cidade, mandaremos um e-mail para saber se a pessoa está interessada, mesmo ela trabalhando. Esse contato será feito por e-mail e não por telefone?.
Além disso, o portal oferecerá outras opções como: realizar seu cadastro; participar do processo de intermediação; imprimir currículo; verificar datas e candidatar-se ao processo de seleção; acompanhar o processo de intermediação, consultar a situação de seu requerimento de seguro-desemprego; obter informações do abono salarial; acessar informações da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) e candidatar a cursos de qualificação profissional.

Imprimir
Comentários