O sistema que permite o parcelamento de multas de trânsito, impostos e outros débitos incidentes sobre veículos automotores, de competência do Detran-MG, deve estar em funcionamento já na primeira quinzena de janeiro, segundo previsão do coordenador de Administração de Trânsito, delegado José Marcelo de Paula Loureiro.

E para a efetiva implantação da nova forma de quitar as dívidas, o Detran-MG está credenciando empresas para  gestão do sistema de informação de pagamento. Duas já estão em processo de credenciamento.

Será permitida às empresas credenciadas a instalação de um canal de informação interligado ao sistema do Detran-MG para a coleta, em tempo real, dos valores devidos pelos proprietários de veículos interessados em quitar os débitos de forma parcelada.

O pagamento será realizado por meio de equipamentos ou totens de autoatendimento instalados em localidades indicadas pelo Detran-MG. Com o número da placa e Renavam do veículo, o cidadão poderá consultar a discriminação dos débitos e total a ser pago, conforme a quantidade de parcelas mensais disponibilizadas.

Até três cartões de crédito poderão ser utilizados durante a operação. O pagador receberá ainda uma mensagem no celular com comprovante de quitação. Dessa forma, a aprovação do pagamento pela operadora do cartão regulariza automaticamente a situação do veículo no sistema do Detran-MG.

Os critérios da nova medida estão descritos na Portaria do Detran-MG nº 753, publicada na semana passada no Diário Oficial do Estado. A ideia é reduzir a inadimplência. “Com uma frota de mais de 10 milhões de veículos, cerca de três milhões estão em débito e, consequentemente, não licenciados. Esta ferramenta oferecida pelo Governo de Minas vai propiciar ao contribuinte mineiro quitar seus débitos com mais facilidade”, esclareceu o delegado José Marcelo de Paula Loureiro.

Imprimir

Fonte:

Hoje em Dia