O número de pessoas que morreram em decorrência dos temporais que atingiram Santa Catarina subiu para 117, de acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil estadual. Outras 31 continuam desaparecidas e mais de 69 mil estão desabrigadas ou desalojadas.
Entretanto, a quantidade de pessoas em abrigos ou alojadas em casas de familiares e amigos, segundo o órgão, começa a diminuir. Na última segunda-feira (1º), o total chegava a mais de 78 mil. A previsão da Defesa Civil é que o índice caia ainda mais com a melhora do tempo na região.
Entre os municípios da Grande Florianópolis, apenas as cidades de Antônio Carlos, Florianópolis e Santo Amaro da Imperatriz registram desalojados e desabrigados. Na capital catarinense, há 16 pessoas em abrigos.
De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, os outros municípios atingidos pelas enchentes ainda não confirmaram o número de desalojados e desabrigados.

Imprimir