Pouco mais de um mês depois do anúncio feito pelo Banco Central com medidas aplicadas para frear o aumento do crédito, já pode ser sentido no bolso do consumidor o reajuste das taxas de juros do financiamento de veículos.
Analisando as taxas de 11 bancos entre os dias 26/11 e 24/12 do ano passado, foi possível perceber aumentos de até 0,46 pontos percentuais em 10 deles.
Foram comparadas apenas as taxas médias praticadas pelas instituições financeiras. Isto quer dizer que, em alguns casos, como no financiamento em 60 vezes, sem entrada, o aumento sentido pelo consumidor pode ser ainda maior.
Com esse aumento, as montadoras já esperam redução nas vendas dos veículos novos neste início de 2011. Além disso, outro fator vai contribuir para a queda nas vendas, a desvalorização dos carros usados, que já apresentam redução de cerca de 10% em seus valores.

Imprimir
Comentários