As Polícias Militar e Civil de Pimenta, durante uma operação conjunta, prenderam na noite desta segunda-feira (22) um homem de 29 anos, suspeito de cometer latrocínio (roubo seguido de morte).

O indivíduo é suspeito de matar José de Santana, de 48 anos, na madrugada de domingo (21). O corpo da vítima foi encontrado boiando em um lago, na avenida Copacabana, no bairro Peixe Vivo e só foi retirado após homens do Corpo de Bombeiros realizarem o resgate.

A Polícia Militar foi acionada e recebeu informações de que a vítima estaria embriagada, e que no dia anterior, teria bebido em um bar no bairro Santa Rita. O proprietário do bar confirmou que o homem havia passado pelo local por volta da 00h10 e que estava sozinho.

Outras testemunhas afirmaram ainda, que José Santana estava com aproximadamente R$200 no bolso no momento do crime, quantia que não foi localizada.

O possível autor do latrocínio foi reconhecido graças às imagens de câmera de segurança de uma residência próxima ao local do crime, que registrou o momento em que o suspeito puxava a vítima pelo braço, segurando algo parecido com uma arma de fogo.

Um perito foi acionado e constatou que o corpo não apresentava sinais visíveis de agressão, apenas de afogamento.

O suspeito de ser o autor do crime foi preso na Fazenda do Alcindor, zona rural de Pimenta, onde mora, quando conduzia uma motocicleta Honda CG.

Durante a abordagem, o homem tentou enganar os policiais fornecendo dados falsos. Ao serem analisadas as informações do suspeito, foi encontrado um mandado de prisão em aberto na Comarca de Campos Altos.

O homem foi preso e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil de Formiga.

print
Comentários