Três pessoas foram presas suspeitas de fraudar uma prova de legislação para aquisição de carteira de habilitação em Divinópolis.

A Polícia Civil informou, nesta quinta-feira (19), que dois instrutores de autoescola residentes em Belo Horizonte podem ter ajudado um candidato a fazer a prova com o auxílio de pontos eletrônicos.

Ainda segundo a polícia, o candidato foi detido na semana passada, enquanto realizava a prova. Os instrutores foram presos nessa quarta-feira (18).

Fraude

Além do equipamento de ponto no ouvido do candidato, no corpo dele também estava acoplada uma mini câmera ligada ao celular. Por meio do aparelho, uma transmissão em tempo real da prova foi feita e, assim, ele conseguiu as respostas da avaliação.

Ainda conforme a polícia, outros detalhes sobre a investigação serão divulgados em uma coletiva de imprensa nesta tarde.

 

Fonte: G1||
Imprimir
Comentários