A Polícia Civil (PC) de Uberlândia concluiu nesta quinta-feira (30) o inquérito que apurou as circunstâncias e motivações do assassinato de Jussara Carolina de Paula Favarini, 26 anos, no dia 17 deste mês. O resultado já foi enviado à Justiça de Uberlândia.
Os jovens Nilson Rodrigues, de 19 anos, e Leandro Martins da Conceição, 18, principais suspeitos do crime, foram indiciados em pelos menos quatro artigos do Código Penal Brasileiro.
Contra eles, pesaram, separadamente, os crimes de roubo, homicídio, estupro e receptação. De acordo com o inquérito, a polícia entendeu que, durante a averiguação, o assassinato dela ocorreu para encobrir outros crimes. Por isso, o latrocínio, quando se mata para roubar, foi descartado.
Se condenados em todos os artigos, a dupla pode pegar mais de 50 anos de reclusão. Ainda contra eles, existem pelo menos dez inquéritos de roubo na cidade, antes do caso Jussara, em que eles são suspeitos de serem os autores. A polícia realiza coletiva nesta sexta-feira (1º) para apresentar os resultados dessas investigações à imprensa.

print
Comentários