A tarifa básica de pedágio nos trechos da BR-262, em Pará de Minas e Luz, explorado pela Triunfo Concebra foi alterada. A deliberação nº 303 foi publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no Diário Oficial da União (DOU) e também altera a tarifa das BRs 060, 153 e 262 no Estados de Minas Gerais e Goiás.

O novos valores dos trechos explorados pela concessionária entraram no domingo (28). De acordo com as tabelas, a tarifa reajustada, após arredondamento, passa a ser, para veículos simples, de R$ 2,60 em Pará de Minas/MG e R$ 2,70 em Luz/MG. Veja tabela abaixo.

Tarifa básica de pedágio

VeículosPará de MinasLuz
Automóvel, Caminhonete e FurgãoR$ 2,60R$ 2,70
Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgãoR$ 5,20R$ 5,40
Automóvel e caminhonete com semi-reboque (três eixos)R$ 3,90R$ 4,05
Caminhão, caminhão-trator com e sem semi-reboque, e ônibusR$ 7,80R$ 8,10
Automóvel e caminhonete com reboque (quatro eixos)R$ 5,20R$ 5,40
Caminhão com reboque e caminhão trator com semi-reboque (Quatro eixos)R$ 10,40R$ 10,80
Caminhão com reboque e caminhão com semi-reboque (cinco eixos)R$ 13R$ 13,50
Caminhão com reboque e caminhão com semi-reboques (seis eixos)R$ 15,60R$ 16,20
Motocicletas, motonetas, bicicletas, motosR$ 1,30R$ 1,35

Fonte: Diário Oficial da União

* Veículos oficiais e do corpo diplomático estão isentos do pagamento da tarifa

Reajuste

A ANTT realiza, anualmente, o reajuste e a revisão das tarifas de pedágio das rodovias federais concedidas e são aplicadas no aniversário do início da cobrança de pedágio. As alterações são calculadas a partir da combinação do reajuste, revisão e arredondamento tarifário, previstos em contrato.

O reajuste ocorre uma vez por ano e visa a correção monetária dos valores da tarifa e leva em consideração a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).vA revisão, por sua vez, tem o objetivo de recompor o equilíbrio econômico-financeiro celebrado no contrato de concessão.

O arredondamento tarifário tem a finalidade de facilitar a fluidez do tráfego nas praças de pedágio e prevê que as tarifas da categoria 1 de veículos devem ser múltiplas de R$ 0,10. Os efeitos econômicos do arredondamento são sempre compensados no processo de revisão subsequente.

Matéria do G1

Imprimir
Comentários