A associação Tatame do Bem realizou nos dias 18 e 19 deste mês a terceira edição do Campeonato do Bem.

Participaram do torneio atletas de Formiga e de outras 16 cidades da região. O evento foi realizado, na quadra poliesportiva do Clube Unifor/MG e os resultados foram divulgados para a imprensa apenas nesta terça-feira (28).

Além do fundador do maior evento de MMA da América Latina Jungle Fight, Wallid Ismail, prestigiaram o torneio diversas autoridades e empresários e um público estimado de mais de 5 mil pessoas.

Cerca de 400 atletas se inscreveram no campeonato que contou com lutas de MMA, muay thai e submission.

No dia 18 (sábado) foram realizadas 16 lutas de atletas profissionais e amadores nas categorias MMA, muay thai e submission. E no dia 19 (domingo) foram realizadas lutas de jiu-jitsu com premiações por equipes e absoluto.

Participaram da competição delegações de Formiga, Córrego Fundo, Arcos, Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte, Luz, Itapecerica, Divinópolis, Belo Horizonte, Nova Serrana, Pará de Minas, Bom Despacho, Varginha, Campo Belo, Boa esperança e Poços de Caldas.

O presidente do Tatame do Bem, Rodrigo Assalin, agradeceu ao Governo do Estado de Minas que patrocinou pela terceira vez consecutiva o evento, e também à reitoria do Unifor-MG, à coordenação do curso de educação física e à diretoria do Clube Unifor-MG, pelo suporte físico para o evento.

Para Rodrigo o maior legado do 3º Campeonato do Bem foi unir equipes, atletas, professores e voluntários no ideal de contribuir para a formação moral e esportiva de nossas crianças. “Foi uma honra, subirmos ao lugar mais alto do pódio com nossas crianças, por ter conquistado, no domingo, o primeiro lugar por equipes, seguidos pelas competentes equipes Petrônio Batista e Nosso Tatame, respectivamente,” afirmou o presidente.

Ainda de acordo com Rodrigo, “no sábado nossos atletas não subiram ao pódio, mas são vencedores pelo empenho e dedicação e pela consciência de que o trabalho continua”.

Confira os resultados:

Dia 18 (sábado):

– Marcelo Elieu da equipe Garra Team, aos 30 segundos do 2º round ganhou por nocaute técnico de Geovane Silva da equipe Jordan Fight, na categoria até 77 kg. A luta teve como árbitro central Petrônio Batista.

-Gustavo Henrique da equipe Garra Team ganhou por nocaute técnico no 1º round aos 2 minutos e 45 segundos’ de Felipe Oliveira, da equipe Samurai F. de Mateus Lemos na categoria até 70 kg. O árbitro central foi Petrônio Batista.

– Daniel Alves da equipe Águia Samonte Tupete Team, venceu por nocaute técnico a 1minuto e 3 segundos de Cleiton Bulico da equipe Marimbondo Fight Team até 70 kg. O árbitro central foi Felipe.

-Léo Júnior da Jordano Figth Team, venceu por nocaute no 2º round 1 minuto e 37 segundos de Patrick Rambo da equipe Águia Samonte Tupete Team na categoria até 94kg, tendo como árbitro central Felipe.

– Tank da equipe Luiz Muay Thai, venceu no 1º aos 29 segundos  de Keliton Ávila da equipe Ft BH, categoria até 57 kg, tendo como árbitro central Petrônio Batista.

– Bandeira Viana da equipe FT BH, venceu por decisão dos árbitros o atleta Glauber Lopes da equipe Tatame do Bem até 61kg. O árbitro central da luta foi Petrônio Batista.

-João Lukas Loko da equipe CTA, venceu por finalização Mata Leão aos 2 minutos 26 segundos do 1º round, Leo Boyka da equipe Garra Team Tatame do Bem, na categoria até 66 kg. O árbitro central da luta foi Ricardo Viana.

Dia 19 (domingo)

O campeonato contou com atletas de jiu-jitsu com premiações por equipes e categorias absoluto, com destaque para os alunos do projeto Tatame do Bem.

IMPRIMIR