O projeto Tatame do Bem recebeu na terça-feira (12), por meio de seu presidente Rodrigo Assalin, a medalha concedida durante a solenidade do “Prêmio do Esporte Mineiro 2017”, promovido pela Secretaria de Estado de Esportes.

A entidade recebeu prêmio “Projeto Transformador: Reconhecimento de trabalho Social”.

A cerimônia ocorreu no auditório da Escola Estadual Governador Milton Campos e homenageou atletas, técnicos e outras ações e personalidades que contribuíram com a visibilidade do esporte mineiro no Estado, no Brasil e no mundo.

O Tatame do Bem esteve entre as várias categorias homenageadas. Rodrigo Assalin, recebeu a medalha ao lado de grandes nomes do esporte brasileiro, como o tenista Marcelo Melo, o piloto Sérgio Sette Câmara, a ponteira do Minas Tênis Clube, Rosamaria, os atletas paralímpicos, Daniel Rodrigues, do tênis em cadeira de rodas, e a medalhista de ouro, prata e bronze nas Paralimpíadas de Atenas 2004, Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016, Terezinha Guilhermina.
O secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, que conduziu a cerimônia, agradeceu a presença dos atletas e ressaltou o caráter de reconhecimento de ações que valorizam o esporte como forma de transformação social.
Rodrigo Assalim, que compareceu ao evento acompanhado da assessora de Comunicação do Tatame do Bem, Cida Leal, salientou o valor do prêmio para o projeto.

“Começamos em 2009, iniciando uma caminhada de muita luta. Nosso objetivo sempre foi mudar o futuro de jovens e adolescentes em nossa cidade. Somos uma equipe de professores e voluntários que trabalham incansavelmente sem outro objetivo que não seja o bem dessas crianças, ” contou Rodrigo. “Viemos aqui hoje em busca dessa medalha que não tem outro significado para nós que a valorização do trabalho de todos os que se dedicam a fazer do Tatame do Bem um instrumento de transformação. Quero agradecer a todos pelos trabalhos prestados. É essa luta diária que tem feito o projeto Tatame do Bem ser conhecido e reconhecido. É somente pelo bem que realizamos que estamos aqui! É pelas nossas crianças e pelos seus futuros, ” finalizou o presidente.

O Tatame do Bem existe em Formiga desde 2009 e atende atualmente cerca de 450 crianças e adolescentes no ensino das técnicas da Jiu-jitsu e conceitos do esporte, como honra, disciplina e lealdade. O projeto conta atualmente com 7 unidades e depende de voluntários empenhados em ajudar o próximo e promover a cidadania em nosso meio, transformando futuros, contribuindo para o fomento e visibilidade do esporte mineiro.

Imprimir