A técnica de massagem Shantala é milenar e veio da Índia para o Ocidente na década de 1960. Além de promover a integração entre pais e filhos, a massagem é capaz de aliviar cólicas, regularizar o sono, equilibrar o desenvolvimento psicomotor, acalmar e eliminar tensões do bebê.

As alunas do 4º período de fisioterapia, Thuanny Lima Arantes e Simone Gomes Lara, idealizaram o projeto piloto ?Shantala: um ato de amor? e já iniciaram as atividades, coordenadas pela Profa. Ms. Ana Paula Maia, também supervisora do estágio de Fisioterapia Aplicada à Ginecologia e Obstetrícia. O projeto teve início na última quinta-feira e objetiva ensinar a técnica às futuras mamães, que, acompanhadas pelas acadêmicas e pela professora, aprendem que a Shantala não traz benefícios somente para o bebê, mas auxilia os pais a terem mais confiança e traz a possibilidade de conhecer melhor o corpo da criança, estreitando, ainda mais, os laços familiares.

Uma boa hora para se fazer a shantala é antes do banho, pois este completa o relaxamento e retira o excesso de óleo terapêutico do bebê. Os princípios básicos da massagem são: concentração, firmeza, constância, lentidão e ritmo.

CLIFOR
É importante ressaltar que também estão sendo oferecidas técnicas de relaxamento para as futuras mamães na CLIFOR (Clínica Escola de Saúde do UNIFOR-MG). As interessadas em se beneficiar dos efeitos terapêuticos devem entrar em contato com a Clínica, das 7 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, pelo telefone: (37) 3329-1492.

print
Comentários