A falta de respeito com o meio ambiente ainda é grande por parte da população formiguense. A redação do jornal Nova Imprensa e do portal Últimas Notícias foi procurada por um trabalhador que relatou a quantidade de lixo jogado em um lote vago, no bairro Planalto próximo ao Sesi/Cat Unifor.
No local, a reportagem verificou grande quantidade de lixo, como pacotes intactos de biscoito de polvilho fabricado em Formiga, cadeiras velhas, garrafas pets, televisão, roupas velhas, carpetes e pneus, que por sinal, estão cheios de água, facilitando a proliferação do mosquito da dengue.
No Ouro Verde
Também no bairro Ouro Verde, a redação do jornal flagrou na esquina das ruas Geraldo Roberto Oliveira com Ari Rodrigues Costa grande quantidade de lixo.
De acordo com moradores, a população local está colocando o lixo no terreno baldio e solicitaram à Prefeitura uma caçamba para que o lixo possa ser depositado. ?Esse lixo contribui para a proliferação do mosquito da dengue, além de mau cheiro e vários animais peçonhentos?, disse o morador Altamiro Brás Silva.
Na tarde de quinta-feira (5), o secretário de Gestão Ambiental, Paulo Coelho, foi informado do ocorrido e, imediatamente, solicitou que a equipe de fiscalização comparecesse até os locais para tomar as medidas cabíveis.

Imprimir
Comentários