Quatro pessoas morreram durante uma operação da Polícia Militar na comunidade do Jacarezinho, Zona Norte do Rio, na manhã desta segunda-feira (16). Outras três ficaram feridas, entre elas um policial militar, atingido por estilhaços. Os feridos foram levados para o Hospital Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte do Rio.

Outro ferido passou por cirurgia. Não há informações sobre o estado de saúde.

Os trens chegaram a ter a circulação interrompida na Estação Jacarezinho, do ramal de Belford Roxo da Supervia. A interrupção ocorreu por motivo de segurança dos passageiros e funcionários.

Às 6h45, uma das linhas do ramal voltou a operar após a Supervia verificar que nenhum tiro atingiu a rede aérea. A outra linha foi reberta às 7h15.

Às 6h48,o Globocop flagrou o momento quando um PM agride um suspeito. O comandante do Batalhão de Choque reprovou a postura e disse que ele será punido.

A concessionária afirma que, desde o começo do ano, precisou alterar a circulação de trens por 57 vezes por causa de tiroteios na linha férrea.

Tiroteios

Em redes sociais, moradores relataram tiroteios na comunidade. Agentes do Comando de Operações Especiais realizam uma operação e contam com o apoio do Batalhão de Choque e o Batalhão de Ações com Cães.

Veículo blindado encontra barricada em rua do Jacarezinho, no Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Até 6h45, duas pessoas haviam sido detidas. A PM pede ajuda da população para denunciar esconderijos de armas e drogas.
Um veículo blindado encontrou dificuldade de circular por conta das barricadas nas ruas. Os agentes foram obrigados a desembarcar para remover os obstáculos. Um helicóptero blindado também participa da ação.

 

Fonte: G1 ||
Imprimir
Comentários