Um jovem morreu e quatro ficaram feridos após serem atingidos por tiros, na noite desse sábado (15), durante festa de pré-carnaval em Divinópolis.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os disparos de arma de fogo ocorreram no cruzamento da avenida Juscelino Kubitschek com a rua Elisa Pinto do Amaral, no bairro Padre Libério.

De acordo com a PM, testemunhas relataram que após desentendimentos entre a vítima, Thiago Henrique dos Santos, de 19 anos, e indivíduos desconhecidos, alguém sacou uma arma de fogo e efetuou vários disparos. Thiago que era natural de Oliveira foi alvejado por cinco tiros, um no queixo, um no pescoço, e três no tórax.

Duas vítimas que ficaram feridas são naturais de Córrego Fundo.

Ninguém foi preso até o momento. Os policiais seguem em rastreamento para encontrar o responsável pelos disparos.

Os feridos foram socorridos e encaminhados para a Sala Vermelha do Complexo São João de Deus. As identidades e idades das vítimas não foram divulgadas.

Nota da Prefeitura:

A administração municipal de Divinópolis emitiu nota sobre o ocorrido.

“A organização do Pré-Carnaval 2020 de Divinópolis, que perpassa o poder público e reúne também, de forma fundamental, representação das forças de segurança, sociedade organizada e blocos e agremiações que fazem a festa, vem a público manifestar seu pesar em relação aos incidentes registrados ontem, já no final do evento, não no espaço específico da festa, mas na região adjacente.


Tal ressalta se torna necessária para que fique claro também o sucesso do evento, pelo qual passaram milhares pessoas ao longo do dia, sem o registro de incidentes ou ocorrências de destaque, ratificando a decisão acertada na transferência da festa para o local deste ano.


Ressalta-se também que, até onde se tem a apuração dos fatos, os incidentes estão relacionados ao comportamento, não tendo sido registradas falhas de segurança na organização. E, por se tratar consequentemente de relacionamentos interpessoais, torna-se impossível a onipresença dos agentes de segurança, fato este, infelizmente, aplicado não só à folia, mas ao nosso dia-a-dia.


Destaca-se ainda o atendimento prestado em assuntos de segurança e saúde por agentes públicos, como SAMU, Corpo de Bombeiros e UPA, devidamente mobilizados e prontos aos chamados.”

 

Fonte: G1 e Divinews||
Imprimir
Comentários