O Governo de Minas Gerais abriu, nessa quinta-feira (7/11), processo seletivo para três vagas na direção da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário do Estado (Arsae). As oportunidades foram criadas por meio do Transforma Minas, programa do Executivo para a gestão de pessoas por mérito e competência.

Uma vaga é para o cargo de diretor-geral da agência e as duas restantes são para compor a diretoria colegiada da Arsae. Para o primeiro caso, candidatos precisam ter ensino superior concluído há dez anos, no mínimo, e ter especialização na área de gestão, meio ambiente ou saneamento. Outra exigência é não ter passado por condenação em processo administrativo disciplinar ou judicial por crimes ambientais, de improbidade administrativa e contra o patrimônio. Para se candidatar ao cargo e conhecer todos requisitos clique aqui.

Já para participar da seleção das vagas da diretoria colegiada, os candidatos devem ter concluído a graduação também há dez anos, no mínimo. É necessário comprovar experiência com gestão de equipe composta por mais de dez profissionais. As três vagas têm carga horária de 40 horas semanais, a serem cumpridas na Cidade Administrativa, no Bairro Serra Verde, em Belo Horizonte.

As inscrições podem ser feitas neste link. Demais informações sobre a oportunidade também estão disponíveis na página. Após a contratação, os profissionais serão designados pelo diretor-geral do órgão para supervisionar os trabalhos das Coordenadorias Técnicas de Regulação e Fiscalização Econômico-Financeira e Regulação Operacional e Fiscalização dos Serviços.

O secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira, destacou a importância da Arsae e de se ter profissionais com caráter técnico e autônomo à frente da agência. “O lançamento das vagas de gestão superior no Transforma Minas é uma forma de garantir uma escolha que prioriza o conhecimento técnico e experiência de gestão para melhoria dos resultados da agência, favorecendo o povo mineiro e o desenvolvimento econômico sustentável de Minas Gerais”, sustentou.

O programa

O Transforma Minas foi criado com o intuito de aperfeiçoar o modelo de atração, seleção e desenvolvimento de profissionais para a administração pública do Estado. O objetivo é assegurar que os trabalhadores que compõem quadros de alto escalão do Executivo estejam aptos a enfrentar grandes desafios.

O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, fala da relevância da iniciativa moldada nas “melhores práticas internacionais”. Levy ainda reforçou que o Transforma Minas tem contribuído para aperfeiçoar o modelo de seleção e desenvolvimento de profissionais para a administração pública. “No caso da Arsae, por se tratar de uma agência reguladora, um processo seletivo nestes moldes é uma ação que irá beneficiar uma gestão profissional apta a enfrentar os grandes desafios que um estado com mais de 20 milhões de habitantes possui”, diz.

Imprimir