Na noite desse domingo (20), a Polícia Militar apreendeu armas de Fogo em Formiga e Pimenta.

Na ocorrência registrada em Formiga, uma guarnição da PM realizava patrulhamento pela avenida Rio Branco, no Centro.  Policiais perceberam a mudança de atitude do condutor de um veículo que se encontrava estacionado na via.

Ao ser abordado, foi localizado co ele um revolver marca Taurus, calibre .38, carregado com seis munições. O jovem de 25 anos disse aos policiais que adquiriu a arma para se defender de uma possível represaria, pois havia se envolvido em um desentendimento no Balneário de Furnas dias atrás e não possuía a documentação da arma, muito menos autorização de porte e ou transporte.

Na casa do jovem, com a permissão do pai dele, foi realizada uma busca no quarto. Foram localizados três frascos contendo anabolizantes, além de varias seringas com agulhas.

O indivíduo foi preso por porte ilegal de arma de fogo, sendo a arma e os anabolizantes apreendidos e encaminhados à Delegacia.

  Na mesma noite, a Polícia Militar de Pimenta recebeu denúncias sobre uma caminhonete ocupada por três indivíduos, que trafegava pela MG-050, sentido Pimenta. O denunciante relatou que um dos ocupantes teria efetuado dois disparos de arma de fogo na rodovia.

A guarnição da PM da cidade de Pimenta montou cerco nas proximidades do trevo de acesso à cidade de Pains. O veículo foi parado e os ocupantes identificados.

No interior do compartimento de carga, foram localizadas três armas de fogo, devidamente acondicionadas e com as guias e certificados em corretas condições.

Já com o indivíduo de 31 anos, foi localizado uma pistola calibre .45, devidamente documentada.

Contudo, ao ser indagado a quantidade de munições que se encontrava na arma, ele narrou um total de oito, diferente do que foi encontrado, onde havia seis munições no carregador e uma na câmara, totalizando sete munições.

 O responsável se encontrava com fortes indícios de ter ingerido bebidas alcoólicas e, ao ser solicitado a fazer o teste do bafômetro, ele se negou e confirmou ter feito uso de bebida alcoólica.

Foi dada voz de prisão ao suspeito pelo porte ilegal de arma de fogo, haja vista ter ingerido bebida alcoólica e estar portando a pistola, bem como pelo crime do disparo de arma de fogo em via pública.

A arma foi apreendida, além de uma espingarda calibre 12, também de sua propriedade.

Fonte: Polícia Militar

Imprimir
Comentários