Na matéria intitulada Tribunal de Contas pede a suspensão de concursos da Prefeitura de Pains, publicada neste portal na sexta-feira (14), foi informado que o concurso público da Prefeitura de Córrego Fundo também foi suspenso e que não teriam sido informados os reais motivos. Na verdade, segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, o Tribunal apontou a necessidade de algumas alterações no processo seletivo, como a regularização de carga horária de alguns cargos e a especificação, em edital, do prazo recursal de três dias úteis a contar do 1º dia útil seguinte à publicação do ato.
A assessoria ressaltou que os cargos foram criados por ocasião dos concursos públicos em 1.999 e 2004. Na época, as vagas foram oferecidas no edital, mas a legislação do município não previa uma carga horária dos mesmos. Segundo o Tribunal, a Prefeitura teria um prazo de dez dias para regularizar a situação, esclareceu em nota enviada à imprensa.
Como o Executivo de Córrego Fundo concluiu que não teria como fazer a regularização nesse prazo, então resolveu anular o concurso. Mas, segundo a assessoria de comunicação, o concurso deve ser realizado assim que a Prefeitura conseguir normalizar toda a situação. Quem já havia efetuado a inscrição seria procurado pelo Centro Universitário de Formiga (Unifor-MG), que estava responsável pelas inscrições e provas do concurso, para que fosse efetuada a devolução das taxas.

print
Comentários