O UNIFOR-MG aprovou a criação de um novo projeto de extensão. Intitulado Projeto de Inclusão Digital e Social, o trabalho é voltado para menores carentes de Formiga/MG e trata-se de uma atividade vinculada ao Programa de Extensão Permanente, financiada pela Instituição. O projeto foi idealizado pelo coordenador do curso de Ciência da Computação, Prof. Alexandre Magno de Sousa.

O curso será realizado de 14 de setembro a 03 de dezembro, às terças e quintas, das 9 às 10h30, no Laboratório de Programação e no Laboratório de Hardware & Redes.

A coordenadora do Centro de Extensão, Pesquisa, Pós-Graduação e Ensino a Distância do UNIFOR-MG (CEPEP), Profa. Dra. Ivani Pose Martins de Pádua, diz que ?ainda há muito o que se fazer para diminuir os problemas causados pela situação de vulnerabilidade vivida pelas crianças, mas é inegável que o projeto contribuirá para um maior desenvolvimento pessoal e social das mesmas, além de fortalecer a convivência familiar e comunitária?.

Para o Prof. Alexandre, hoje, é praticamente impossível realizar uma atividade sem um mínimo de conhecimento em informática. Porém, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, aproximadamente 90% da população brasileira encontra-se excluída do desfruto das tecnologias da Era Digital. ?Podemos citar, como principal causa da exclusão digital, a própria exclusão sócioeconômica, que impede que a população de baixa renda tenha acesso às tecnologias?, explica.

O coordenador fala, ainda, sobre os objetivos do projeto. ?O trabalho tem como objetivo permitir às crianças que ainda não tenham acesso ao computador e à Internet aprender a utilizar os recursos oferecidos pelo computador como ferramenta. Dessa forma, será proporcionado um ambiente em que ela possa deixar de ter, simplesmente, um papel passivo de consumidor de informações e passe a ser um futuro produtor de conhecimentos e serviços desta geração. Além disso, o projeto visa orientar e educar as crianças com relação à segurança na Internet, principalmente em sites de relacionamento, comunidades virtuais e programas de comunicação, como, por exemplo, o MSN?, explica.

Inscrições
As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, até o dia 11 de setembro, em formulário próprio, na Central de Atendimento ao Estudante (CAE), Prédio 1 do campus. Somente crianças de 9 a 12 anos poderão se inscrever, respeitando o número máximo de 40 vagas. Para inscrição, é necessário cópia de comprovante de residência (conta de água ou energia).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (37) 3329-1415.

Imprimir
Comentários