Campeão do Interior e semifinalista em 2017; eliminado pelo Atlético nas quartas de final deste ano. De olho em voltar a dar as cartas ao menos entre os desafiantes dos três clubes da capital, a União Recreativa dos Trabalhadores (URT) aposta em novos tempos para o Campeonato Mineiro de 2019. Mas em caras conhecidas do torcedor, não só de Patos.

O Trovão Azul confirmou seu grupo de 27 jogadores agora sob o comando de Flávio Garcia, que era auxiliar de Rodrigo Santana – que se tornou treinador do sub-20 do Atlético. Uma oportunidade para quem conhece bem o dia a dia da equipe patense.

“O clube vem numa fase crescente, brigando constantemente para ser o melhor do interior e nosso objetivo é manter essa trajetória. Fico feliz por receber essa chance da diretoria, ainda mais que conheço muito bem a estrutura e o trabalho que é feito. E embora seja minha primeira oportunidade como treinador no profissional e da pressão natural pelos resultados, acredito que é a condição ideal para atuar. Procuramos montar um grupo de jogadores que fossem destaques em seus clubes, acostumados a decidir, bem como de atletas que já vinham se destacando na URT, e que eu conheço bem”, destaca o técnico de apenas 31 anos, formado pela Universidade Federal de São Carlos e que não esconde o desejo de, no futuro, repetir a trajetória do antecessor e amigo.

Além dos remanescentes do grupo que disputou a Série D, o treinador contará com a experiência do zagueiro Gladstone, vencedor da Tríplice Coroa com o Cruzeiro em 2003 – um dos destaques da temporada, com direito a três gols no Estadual, Victor Sallinas é outro nome para a zaga. No meio, quem retorna é o experiente meia Cascata, que jogou pelo Trovão o Mineiro de 2017. Na frente, se Bruno Aquino prossegue, a novidade é o experiente Reis, de boa passagem recente pelo Tupi.

O grupo foi apresentado ontem e, ao longo da semana, inicia o trabalho de condicionamento físico, acompanhado das primeiras atividades com bola, à espera da programação de jogos-treino e amistosos.

Leão
Reforço também para o Villa Nova, que segue confirmando os contratados para a competição. O nome da vez é o do atacante Bruno Cantanhede, de 25 anos, revelado pelo São Paulo, com passagem pelo Paraná e mais recentemente no futebol sul-coreano. Nos últimos dias, além do goleiro Elissom, o Leão anunciou os nomes dos meias Luiz Fernando e Damasceno, do volante Eurico, do lateral Danillo Ribeiro e do atacante Cassiano.

(Vinnicius Silva/Cruzeiro)

 

 

 

Fonte: Hoje em Dia ||

print

Comentários