O ex-atleta jamaicano Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo depois de correr os 100 metros rasos em 9s58 e os 200 metros em 19s19, não precisou suar nessa terça-feira (2) em Lima para ganhar uma curta corrida contra um mototáxi, um dos veículos mais característicos das cidades peruanas.

Apesar de a corrida ter sido de apenas 50 metros, Bolt demonstrou ser muito superior ao veículo motorizado, um triciclo coberto com três vagas para passageiros atrás do motorista que pode alcançar uma velocidade máxima de 60 quilômetros por hora.

O velocista deixou o mototáxi para trás desde o tiro de largada e depois passou a trotar pelo resto da improvisada pista pintada sobre uma rua do distrito limenho de Miraflores em meio à ovação do público peruano.

Após a celebração da vitória na qual deleitou os espectadores com sua já inconfundível pose vencedora do raio, o tricampeão olímpico dos 100 e dos 200 metros rasos pilotou o mototáxi de volta à linha de saída.

O veículo, conduzido por um mototaxista do distrito limenho de San Juan de Lurigancho, estava personalizado com desenhos de labaredas e o nome de Bolt na parte frontal junto a dois olhos de felino em alusão à marca esportiva que patrocina o jamaicano.

Bolt afirmou entre sorrisos ao público que a corrida foi fácil demais e que o mototáxi deveria ter partido com dez minutos de adiantamento para que o duelo tivesse alguma emoção.

O jamaicano está no Peru como parte de uma turnê comercial que realiza com seu principal patrocinador e que nesta segunda-feira já o levou a Santiago do Chile, onde seu reuniu com o presidente Sebastián Piñera.

Bolt terá nesta quarta-feira mais compromissos comerciais em Lima, onde também inaugurará a pista de atletismo dos próximos Jogos Pan-Americanos de 2019, que serão disputados na capital peruana entre 24 de julho e 11 de agosto.

 

 

Fonte: Uol Esportes ||

Imprimir

Comentários